sábado, 27 de outubro de 2007

teu desejo.

sonho.

apenas um sonho...

diriam-me os mais realistas.

minha realidade é um sonho,

um sonho acordado,

que coroa o meu presente,

e ações incessantes

momentos pulsantes

de verdadeira saudade.

tudo também é tão engraçado

o saber do outro

o sentir o outro

é muito óbvio.

mas o orgulho, que não é de mim,

sempre te fascina

te faz escravo e até contamina.

mas não me perco e

também não a ti.

tu estás sempre ao meu lado e sempre estará.

não por meu simples querer

mas porque é este o seu desejo.

levo horas pensando o porque disso tudo,

claro, eu como sempre,

buscando explicações para o possível inexplicável,

para a piada sem graça

que teimamos em rir.

sinto tua falta

e ao mesmo tempo fico feliz por não estares tão próximo

por estares assim de longe me amando,

de longe me querendo

pois, querendo ou não

o meu amor é o mesmo seu

somos apenas um

projetados em dois

e espalhados na Terra.

sempre fico nessa missão de te esperar

loucamente a te esperar

só quero quebrar esse gelo

te fazer mais aberto,

entrar no teu ser,

deixar de ser a fortaleza e me entregar

te fazer se entregar a mim

sem medo das consequências

e do amar.

sinto tudo muito vivo ainda

como se fôssemos dois juntos na vida.

o problema é que tu sabes de tudo isto

faz pouco e ainda eu te animo

quando estás tristes ou a chorar.

sei que não é perda te tempo

ninguém nunca peca por

amar....



Lorena A.




Creative Commons License


Esta obra está licenciada sob uma
Licença Creative Commons.

Um comentário:

Herr Swartz disse...

E você sempre profunda e melhor, gótica! rs A amo mais ainda!

scraps.


Trimera Casa de Letras.

Blogueiros do Piauí.